Release details

2017-05-09 06:01 CEST
  • Print
  • Share Share

Pesquisa YPO Global Pulse: Confiança entre líderes empresariais da UE mantém-se firme no primeiro trimestre

 As perspectivas melhoram na Alemanha e no Reino Unido, mas os CEOs franceses e gregos estão menos otimistas

LONDRES - 9 de maio de 2017 - A YPO, a primeira organização de diretores executivos do mundo, anunciou hoje que a confiança entre os diretores executivos na União Europeia (UE) permaneceu estável no primeiro trimestre de 2017 (1T 2017), a despeito de flutuações significativas nas maiores economias da UE. Os resultados do Índice de Confiança YPO Global Pulse para a UE permaneceram positivos em 60,9, mantendo seu nível mais alto desde abril de 2016.

Enquanto o sentimento geral permaneceu estável, houve mudanças significativas na confiança das maiores economias da UE. A França viu um declínio acentuado da confiança nas semanas que antecederam a disputada eleição presidencial em 23 de abril. O Índice da França caiu 8,1 pontos, chegando a 54,5, seu nível mais baixo desde janeiro de 2015.

A Grécia também reportou uma grave perda de confiança após seu fraco desempenho econômico, caindo 11,9 pontos, para 46,2, seu nível mais baixo desde julho de 2015, voltando a um território pessimista. A Itália teve um declínio mais moderado, de 1,5, atingindo 59,8.

A Alemanha, por outro lado, experimentou um forte aumento na confiança no primeiro trimestre, ganhando 6,4 pontos e chegando a 62,7, seu nível mais alto desde janeiro de 2011. Esse crescimento continuou mais intenso que o previsto no final de 2016 e nos primeiros três meses deste ano.

O Reino Unido também reportou uma perspectiva mais positiva, saltando 6,0 pontos e chegando a 61,0, seu nível mais alto nos últimos doze meses e antes da decisão do plebiscito para deixar a UE.

"Apesar das preocupações com uma retração econômica, a maioria das economias da UE continuaram a se fortalecer e, em alguns casos, superaram as previsões", disse Juan Carlos Fouz Silva, membro do YPO e CEO da Global Assets Buyout.

"Os diretores executivos europeus estão enfrentando níveis sem precedentes de incerteza, tanto na região quando fora, e estão operando em um panorama econômico e político que muda a cada dia. Embora o clima para os negócios continue relativamente favorável no momento, os diretores executivos permanecerão cautelosos, particularmente com importantes eleições se aproximando na Alemanha, na França e no Reino Unido."

Os países europeus que não fazem parte da UE reportaram o nível mais baixo de confiança no mundo, caindo 2,5 pontos, para 51,8.

Globalmente, o Índice YPO Global Pulse para o primeiro trimestre de 2017 cresceu 0,3 ponto, atingindo 62,5, seu nível mais alto desde janeiro de 2015. Pelo segundo trimestre consecutivo, os Estados Unidos reportaram o nível de confiança mais alto do mundo, crescendo 0,3 e atingindo 64,9. A confiança na Ásia subiu 2,1 pontos, chegando a 63,3, seu nível mais alto desde abril de 2015. A África é segunda região menos confiante do globo, caindo 0,3 ponto e atingindo 54,4. A confiança na América Latina caiu 1,2 ponto, para 57,1, enquanto a confiança da região que abrange o Oriente Médio e Norte da África (OMNA) apresentou a maior queda, de 4,3 pontos, atingindo 55,2.

Principais resultados na UE

Melhores perspectivas em condições econômicas no curto prazo
Quando foi solicitado que avaliassem o panorama econômico para os próximos seis meses, quase metade (49%) dos diretores executivos da UE acredita que as condições melhorarão, enquanto 42% sentem que não haverá mudança ou ela será pequena. Somente 9% esperam que o panorama econômico se deteriore nos próximos seis meses. Essa perspectiva é mais positiva que a da pesquisa anterior, realizada em janeiro, quando apenas 40% previram uma melhora e 13% previram uma deterioração no clima econômico nos seis meses seguintes.

Previsões de vendas aumentam, mas as previsões de contratação e investimentos fixos diminuem
Os líderes empresariais da UE permanecem otimistas quanto às perspectivas para crescimento das receitas em suas próprias organizações nos próximos 12 meses. O Índice de Confiança em Vendas YPO cresceu 0,4 ponto, atingindo 66,9, já que quase dois terços dos CEOs (64%) previram um aumento da receita em 2017, em comparação com apenas 5%, que previram um declínio nas vendas.

No entanto, os líderes empresariais foram menos otimistas ao tratarem das intenções de contratação. A maioria (70%) espera que o tamanho da sua mão de obra permaneça inalterada nos próximos 12 meses, enquanto 26% esperam aumentar o efetivo, e 4% esperam cortar o número de funcionários.

A maioria (57%) dos CEOs também espera que os níveis de investimentos fixos permaneçam estáveis no ano que vem, enquanto 38% esperam que os investimentos fixos aumentem, e 5% previram um declínio.

Confiança cai na França
Os líderes empresariais franceses foram menos otimistas durante o trimestre analisado, em meio às crescentes incertezas em torno das eleições presidenciais no país e da possibilidade de mudanças significativas na política econômica.

Mais de um quarto (29%) dos CEOs franceses afirmou que as condições econômicas pioraram nos seis meses anteriores, um aumento significativo em relação à última pesquisa, quando somente 11% reportaram um agravamento das condições.

Os líderes empresariais franceses também foram notavelmente mais cautelosos a respeito das previsões para suas empresas nos próximos 12 meses. Apenas 29% previram um aumento da receita, uma queda em relação aos 66% do trimestre anterior. Apenas 7% previram aumentar o número de funcionários, contra 40% na pesquisa de janeiro, e somente 29% esperam impulsionar os níveis de investimentos fixos, número que antes era de 55%. A maioria dos CEOs franceses espera que os rendimentos, o número de funcionários e os níveis de investimentos fixos permaneçam estáveis no próximo ano.

Índice de Confiança YPO Global Pulse
O levantamento eletrônico trimestral, realizado nas duas primeiras semanas de abril de 2017, reuniu respostas de 1.216 diretores executivos em todo o mundo, incluindo 196 na União Europeia. Visite www.ypo.org/globalpulse para obter mais informações sobre a metodologia da pesquisa e os resultados de todo o mundo.

Esta é uma tradução não oficial da versão original. A publicação no idioma original é a única versão oficial e autorizada.

# # #

Sobre a YPO

A principal organização de liderança de diretores-executivos do mundo.

A YPO é a plataforma global de engajamento, aprendizagem e crescimento de diretores-executivos. Os membros da YPO aproveitam o conhecimento, a influência e a confiança dos líderes das empresas mais influentes e inovadoras do mundo para inspirar empresas, pessoal, família e impacto na comunidade.

Hoje, a YPO capacita mais de 24.000 membros em mais de 130 países, de diversos setores e tipos de empresas. No total, as empresas-membro da YPO empregam mais de 15 milhões de pessoas e geram receitas anuais de seis trilhões de dólares.

Liderança. Aprendizagem. Ao longo da vida. Para obter mais informações, visite YPO.org.

Contato:
YPO
Linda Fisk
Escritório: +1 972 629 7305 (Estados Unidos)
Celular: +1 972 207 4298
press@ypo.org

HUG#2102817